QualificaSUS

Influência da idade materna e das características hospitalares nas vias de nascimento

Ao longo dos anos, o perfil da assistência obstétrica passou por mudanças impulsionadas pelo avanço da tecnologia em saúde. A priori, o parto por via vaginal era o mais frequente(1). Entretanto, a partir do século XIX, com o avanço do modelo biomédico de assistência ao parto, o processo de parir passou a ser pautado em uma cultura intervencionista e, dentre estas intervenções, tornou-se frequente a via de nascimento cesariana(1).

O parto vaginal garante benefícios e menores riscos para a mãe e o bebê(1). A cesariana, por sua vez, pode ser indicada em casos de comorbidades maternas ou alterações fetais, tornando-se relevante para reduzir a morbimortalidade materna e neonatal(2).

Fale com a nossa equipe.
Conheça os valores dos produtos e serviços.